sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Os Spinola em Gênova

A família Spínola ocupou posição de destaque na história de Gênova e de boa parte da Europa Medieval. Participaram das cruzadas, foram governadores da República de Gênova, Duques, Viscondes, cardeais... Houve até 1 Papa e 4 Santos.

E existe ligação direta de descendência entre personagens centrais da família em Gênova com o patriarca da mesma na Graciosa, Pedro Spínola Dória. A começar pelo criador do sobrenome: Guido Spínola.

Guido, ou Guidone, participou da primeira cruzada, que invadiu Jerusalém em 15 de Julho de 1099. Ele trouxe da Terra Santa um espinho (que seria da Sagrada Coroa de Jesus Cristo). De volta a Gênova o espinho foi oferecido a Virgem da Igreja da Senhora das Vinhas em Gênova. Spínola é espinho em Italiano, surge ai o nome da família.

O feito deu muita fama a Guido, que já era Cavaleiro Templário, e seria eleito Consul de Gênova, entre 1101 e 1122. Era só o começo da presença Spínola nesta posição, entre os séculos XII a XIV foram 14 Cônsules que ocuparam a posição por 29 vezes.

Guito era bisneto de IDO, o Visconde de Manesseno. IDO foi um Alemão que veio invadir a Itália em 951 no exército de seu primo OTO I*. Após a conquista ficou na região fundando a família de Manesseno (Manesseno hoje é uma vila nos arredores de Gênova).  

O neto de Guido, Oberto Spínola, nascido em 1135, também foi personagem de destaque, quando Consul negociou a soberania de Gênova com o Imperador Frederick I e com o acordo assinado na cidade de Pavia em 9 de Junho de 1162, tornou-se o primeiro Cônsul Soberano de Gênova.

Esta é a linha genealógica desde IDO Manesseno até Pedro Spinola Dória:

IDO di Manesseno, pai de Oberto dé Visconti (di Manesseno), pai de Belo “Bozumi”,(este foi antepassado das famílias Spinola, Brusco e Embriaco) nascido em 1040, pai de Guido Spinola (I), nascido em 1070, pai de Guido Spinola (II), nascido em 1100, casado com Alda. Pai de Oberto Spinola (I), nascido em 1135 e morto em 1183, casado com Sibila della Volta (Filha de Igone della Volta). Pais de Oberto Spinola (II), nascido em 1165 e morto em 1214, irmão de Ingo Spinola, tronco dos Spinola “della Piazza” ou “di San Luca”. Pai de Guglielmo Spinola, nascido em 1200, pai de Oberto Spinola (III), o Grande Capitão de Genova (conjuntamente com Corrado Doria), nascido em 1200 e casado com Giacoba (também pai de Corrado Spinola, progenitor de outra linha Spinola da Madeira). Pai de Gherardo Spinola (Senhor de S. Luca e Tertore), nascido em 1280, casado com Pietra de Marini (filha de Antonio Marini). Pais de Lucchesio Spinola (de Marini), nascido em 1323 casado com Agnese. Pais de Carozio Spinola, nascido em 1350 e morto em 1405, que casou com a prima Teodora Spinola (filha de Giacomo Spinola, neta de Aleone Spinola). Pais de Eliano Spinola, nascido em 1390, banqueiro em Genova, casado com Argenta Lomellini (Catanho) (filha de Oberto Lomellini e Bettina Cattaneo (Catanho)). Pais de Giorgio Spinola (Lomellini), nascido em 1420 e morto em 1484. Pai de Leão Spinola (Elliani Spinola Doria), nascido em 1448, passou pela Espanha e pela Ilha da Madeira mas voltou a Genova, onde os filhos Antonio e Lucano nasceram (ambos tiveram CBA de Spinola em Portugal em 1513 – D. Manuel). Leão também era chamado de Micer Leão ou Marcelão Spinola. Casado com Peretta de Spinola (ou Madona Pereta). Estes são os pais de Antonio Spinola Doria, nascido em 1470 em Genova e morto em 1555 na Madeira. O Filho deles Pedro Spinola Dória, nasceu na Madeira em 1503 e morreu na Graciosa em 1559.


* Oto I (Primo de IDO Viscondi de Manessemo) É considerado o primeiro Sacro Imperador Romano, coroado pelo Papa João XII em 962. Ele nasceu em 912 em Wallhausen na Alemanha. Filho do Rei Henrique I “O Passarinheiro” foi coroado rei dos alemães em 936. Em 951 invadiu o Norte da Itália. 

6 comentários:

  1. Olá, Ricardo! Eu também sou da família Spínola, e tenho aqui no Blogger e no Wordpress algumas páginas sobre a nossa história. Achei seu resumo interessante, pois conseguiu fazer toda a linhagem da sua família deste Oberto Spínola. Leia a nossa história completa, desde Gênova, e verá todos estes nomes lá. Poderá obter mais alguma informação. http://lacosdesanguegenealogy.blogspot.com.br/
    Temos também os quadros genealógicos começados pela Bahia. Não estão terminados, pois é muito longo, mas na medida do possível estou montando.
    http://spinolageneabrasil.blogspot.com.br/
    No Wordpress tenho um resumo da história mais individual de cada Spínola de Gênova - http://spinolahistory.wordpress.com.
    Caso queira entrar em contato comigo, estou no Facebook- Neuza Maria Spínola - e tenho um grupo familiar com quase 2.000 Spínolas, Spindolas, Spindulas, Espinolas, Espindolas, Espinulas, Spina, Spinouli, etccc do mundo inteiro.

    ResponderExcluir
  2. Como o Blog fica em posição de última postagem, basta você ir à esqueda, onde se vê CLASSIC, e abrir clicando em seguida em Menu Lateral. Ali parece a lista dos capítulos do livro. Então poderá acessar com facilidade, rolando até o primeiro capítulo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Neuza,

    Muito obrigado pelos comentários e parabéns pelo trabalho de pesquisa !! Vou ler com atenção. Já encontrei os nomes de meus Tataravós "Maria Delfina Souza Spínola e Francisco Vasconcelos Bittencourt" em um dos quadros de descendentes.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ricardo, tenho ancestrais da Ilha Graciosa que vieram para Santa Catarina com sobrenomes Spinola de Souza, Spinola Bittencourt, seriam da mesma família de Gênova?

    ResponderExcluir
  5. dizem que a família Spnola deu origem a spindola verdade??

    ResponderExcluir